segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A Fadinha já foi à escola...

A Fadinha acordou bem disposta...e apesar do antibiótico, já foi à escola!!!

Estava preocupada porque quer aprender e tem medo de se atrazar!!!! É muito responsável.

O fim de semana que prometia de arrumações, ficou prejudicado pela doença da nossa pequena Fada...mas vamos ter muitos para organizar!!!!

A mamã para além de respirar de aliviada sempre pode trabalhar um pouco....

sábado, 25 de setembro de 2010

Árdua tarefa.....

Árdua tarefa esta de seleccionar, pôr de parte, dar e substituir as roupas de Verão pelas de Inverno....

A Fadinha começou a pedir-me collants,o que eu apesar de tudo, acho ainda cedo!!!!

E com saudade fico de os ver com as roupinhas que para o ano não servirão certamente...nunca os vi a crescer tão depressa, o que torna esta tarefa ainda mais árdua, pelo saudosismo que se assola de mim!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O Outono vem aí...

A nossa Fadinha anda molinha e cheia de dores de cabeça...uns picos de febre não muito alta,mas claramente abatida!

É prenuncio da estação que já espreita com as primeiras chuvas e os arrefecimentos que a noite nos apresenta.

Estranho é pensar que para nós começa o Outono/Inverno e para o Papá cá de casa começa agora o Verão depois do Verão...ou melhor, continua o Verão!

No fim do Verão sinto saudades dos dias menos quentes...das castanhas assadas e até dos agasalhos...do quentinho da nossa casa quando chove lá fora e do aconchego do ninho!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Com muita imaginação!

Por aqui iniciou mais um período sem o Papá cá de casa....
A pequena Fadinha apesar de muito crescida tem o coração apertadinho!!!

O cansaço duplicou e vivemos a contar dias....mas sabemos que será um período transitório.

Já fazem postais de boas vindas....e a imaginação não pára, de tudo fazemos para os dias serem mais agradáveis!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Regresso às aulas...muito mais leve!!!

Regresso às aulas em pleno!!!!
Claramente mais crescidos...
-Adeus Mãe, até logo!!!

Sem choros, birras, ou olhares tristes de cortar o coração em mil pedaços...

Ao mesmo tempo é uma sensação de "alívio", "descanso", sei lá....sinto-me muito mais leve :)

poderá gostar ainda de lêr...