quinta-feira, 18 de junho de 2009

Como proteger os nossos filhos dos Vídeo Jogos....

Está na nossa mão, como pais e educadores, definir regras e proporcionar condições para evitar que um passatempo positivo se torne numa ocupação perigosa;

1) Coloque o computador numa zona comum da casa e não no quarto do seu filho, só vai contribuir para o isolar mais do resto da família e diminui a hipótese de um "controle" por parte dos pais.

2) Defina limites de tempo.

As crianças precisam de regras e de aprender a geri-las. Evite a dependência impondo limites de horas.

3) Ajude na escolha dos jogos.Use os jogos como ferramenta de educação e consciencialização.

4) Habitue o seu filho a educar as suas próprias preferências e gostos de forma responsável e positiva.

5)Organize outro tipo de actividades que permitam ao seu filho aprender ou desenvolver experiências e conhecimentos e que o ajude a alargar as suas capacidades e horizontes. E já agora partilhe-as com ele aproveitando!

Afinal é uma fase que passa tão depressa!

5 comentários:

  1. Olá carla,

    Sem dúvida tens toda a razão, é uma fase importante neles, e que é preciso ter cuidados.

    Se não formos nós a protege-los quem será?

    Jokas
    Isabel

    ResponderEliminar
  2. tens toda a razão,apesar de eu ja ter pecado ao ter os magalhães no quarto delas,mas de resto tem tudo excepções que eu acho que até tenho feito bem.como so teem internet ao fim de semana 1 hora por dia e está programado por nos para só "x" locais de acesso...nada durante a semana , brincar ou tv,agora mesmo com as ferias iremos fazer o mesmo sistema porke é o que dizes e bem a mais velha já se isola... parece que já não tem nada de jeito para brincar como ela diz!só porque não a deixamos ir para o pc quando quer...
    jinhos

    ResponderEliminar
  3. Fiquei muito satisfeito ao saber que a mãe Carla pensa em regras sobre a utilização dos ordenadores por parte dos filhos, principalmente, sendo juvenis de tenra idade logo muito mais vulneráveis aos perigos da internet e do que por lá se passa.
    Acho muito construtivo fazer a comunicação e divulgação destes textos pois podem ser muito uteis quando e se aplicados no dia a dia da vida das crianças .
    O avô Zé fica feliz ao saber ser assim para bem dos seus queridos netos e de todas as demais crianças.

    ResponderEliminar
  4. Olá querida mamã
    Este post é muito útil :-)))
    As crianças de hoje em dia perdem demasiado tempo em frente a computadores e videojogos...acabam por perder o melhor da sua infância! :-)
    Beijocas grandes

    ResponderEliminar
  5. Nem quero pensar qdo for a Di a chegar a esta fase...

    Beijos,
    Rita e Di :-)

    ResponderEliminar

poderá gostar ainda de lêr...